quinta-feira, 25 de julho de 2013

Vespas em Misurina

                                     
Em nossa passagem pelo lago de Misurina presenciamos o "Audax Vespistico delle Dolomiti", um rali de regularidade que parece ocorrer todo ano só com Vespas clássicas.
No finalzinho do vídeo tem o som dos motores 2T, para quem gosta.

sábado, 13 de julho de 2013

Vídeo com as principais estradas

Ainda não tenho todos os vídeos da viagem, mas fiz uma compilação do que tenho, principalmente das estradas mais importantes que passamos. Infelizmente, não conseguimos fazer muita coisa com a GoPro; as gravações deste vídeo foram feitas pelo Hermann de dentro do carro.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Lugares

 
O Video anterior mostrava somente as filmagens de estrada; neste temos alguns registros de lugares interessantes que conhecemos na Suiça, próximo a Andermatt.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Para onde vamos

Depois de muito tempo sonhando, chegou a hora de realizar minha viagem de moto pelos Alpes. O ponto central da viagem seria a passagem pelo Stelvio. A 2757m de altitude o Stelvio é a principal estrada para mototuristas do mundo todo.
A partir dele fiz um roteiro incluindo a Leste os Dolomitas e os principais passos alpinos italianos (Pordoi, Falzarego, Giau, Fedaia, etc) e a Oeste os passos suiços, tendo Andermatt como centro (Furka, Susten, Oberalp, São Gothardo, etc). 
Além do Stelvio e dos principais passos italianos e suiços vi que poderia incluir passagens pelos lagos de Como e Garda para fechar nosso roteiro que tinha Milão como ponto de partida e chegada.
Abaixo vai uma tabela com o roteiro e um mapa



Com quem vamos

Uma das partes mais importantes de uma viagem, especialmente de moto, é a definição de quem serão os companheiros de viagem, tanto para a diversão como para a segurança.
David foi o primeiro a "comprar" a ideia; depois chamamos o Márcio. Por fim, vimos que seria interessante ter um carro de apoio e convidamos um amigo que não é motociclista para a nossa viagem, o Hermann.
Abaixo, uma foto do quarteto reunido na subida do passo São Gothardo.
                                                 Márcio, José Luiz, David e Hermann

Como Vamos

Pegamos um voo até Milão e alugamos as motos na HP Motorrad. Pareceu-nos a melhor opção em preço e qualidade do serviço.
Alugamos a princípio duas BMW G650GS (para mim e para o Márcio) e uma Scooter C650GT para o David.
Tivemos apenas um contratempo na hora de pegar as motos, pois as duas GS não tinham sido devolvidas pelos clientes que as alugaram até aquele dia. O Márcio já havia decidido trocar por uma GS 1200, mas eu tive que esperar até que as motos chegassem. Acabei levando a Sertão, uma versão mais off-road da G650GS.
O Hermann já havia pego a "viatura" no aeroporto, uma Mercedes SW Diesel.






Primeiro dia - Menaggio

Nosso primeiro dia de viagem tinha Menaggio, às margens do Lago de Como, por destino. Foi um trecho curto de viagem, perfeito para nos adaptarmos as motos.
Pena não termos mais tempo para ficar por lá. Um dia lindo de sol e um bom hotel na beira do lago.
Ao chegarmos estávamos com o tempo curto, pois tínhamos planejado uma visita ao museu Moto Guzzi, em Mandello de Lario, do outro lado do lago.
Ocorre que o museu só abre das 15 às 16 horas e estávamos atrasados devido a demora para pegar as motos. Felizmente chegamos a tempo.
Interessante notar que as motos ali expostas foram fabricadas exatamente naquele lugar; algumas há mais de 50 anos.
No próximo post algumas fotos do museu.






Primeiro dia - Museu Moto Guzzi















Segundo dia - Andermatt (Suiça)

O segundo dia da viagem propriamente dita (não estou contando o dia livre em Milão nem o passeio por Madrid antes de pegarmos as motos) nos levaria de fato aos Alpes, já na Suíça. O Passo São Gothardo seria nosso primeiro contato com os passos alpinos e com a neve. Apesar de ainda haver muito gelo em volta da estrada, o dia de sol em um final de primavera nos deu um tempo surpreendentemente quente.
Em uma das fotos abaixo vê-se o Passo Tremola (Old San Gothardo) ainda fechado pelo excesso de neve, mas a temperatura estava bastante agradável. Sequer usei o forro térmico da jaqueta. 













Segundo dia - Teufelsbrücke

Antes mesmo de chegar ao hotel em que nos hospedaríamos, em Goschenen (a 6 km de Andermatt) passamos pela Teufelsbrücke, ou "ponte do diabo". Uma pena que alguém tenha dado um nome destes a um lugar tão lindo. Uma antiga lenda diz que a ponte foi feita pelo diabo, mas em um com tamanha beleza só o que vimos foi a mão de Deus.








Terceiro dia - bate-volta a Interlaken

No terceiro dia de nossa viagem passaríamos por três dos melhores passos alpinos de nosso roteiro. A ideia era conhecer os passos Furka, Grimsel e Susten. Como chegaríamos perto de Interlaken decidimos fazer um bate-volta, indo pelo Furka e pelo Grimsel e voltando pelo Susten.
Pegamos chuva no Grimsel, mas nada atrapalhou nossa diversão.
Infelizmente, o tempo curto não permitiu que esticássemos a viagem até Grindewald e Lauterbrunnen, onde poderíamos ter conhecido pontos turísticos importantes como o "Top of Europe", no monte Jungfrau, ou o restaurante giratório (Piz Glória), mas pudemos conhecer os túneis de gelo no Furka e o desfiladeiro do Aareschluct.
Vou separar as fotos deste dia nos tópicos seguintes para facilitar a visualização.
Aqui, abaixo, as fotos do Furka.